Pesquisar este blog

sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

ACADEMIA AMAPAENSE DE LETRAS



A Academia Amapaense de Letras é uma instituição fundada em Macapá, em 21 de junho de 1953, pelo coronel Janary Gentil Nunes, que reuniu os intelectuais da terra, entre eles Aracy Miranda de Mont’Alverne, Antonio Munhoz Lopes, José de Alencar Benevides, Paulo Eleutério Cavalcante de Albuquerque, José Araguarino Montalverne, Cora de Carvalho, Amaury Guimarães Farias, Edson Gomes Correa e outros.

Ela foi reorganizada em 31 de agosto de 1988, com a posse de novos membros: Nilson Montoril de Araújo (historiador e novo presidente), Antonio Cabral de Castro (advogado), Aracy Miranda de Montalverne (professora), Estácio Vidal Picanço (professor e historiador), Georgenor de Souza Franco Filho (advogado), Dagoberto Damasceno Costa (historiador), Fernando Pimentel Canto (sociólogo) e Manuel Bispo Correa (professor).


Atualmente ela encontra-se inativa, e toda a documentação da instituição encontra-se em poder do historiador Nilson Montoril de Araújo, que desde a ultima reorganização do silogeu (1988) não promoveu qualquer reunião cultural.

Nenhum comentário:

Postar um comentário